Revista Online Psicologia Corporal – Vol. 02 – Ano 2001

[vc_row][vc_column width=”1/4″][vc_single_image image=”5818″ img_size=”medium” onclick=”link_image”][/vc_column][vc_column width=”3/4″][vc_column_text]Organizadores: José Henrique Volpi e Sandra Mara Volpi

Se deseja publicar seu artigo, veja aqui:
◊ Orientações para elaborar seu artigo >> Baixe Aqui o Artigo <<
◊ Formulário para digitar seu artigo >> Baixe Aqui o Formulário <[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Os artigos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não expressando necessariamente a opinião dos editores. Todos os artigos fazem parte da Revista Online Psicologia Corporal, sob o registro ISSN-15160688.
Para ler os artigos, é necessário ter instalado em seu computador um leitor de PDF. Se você não tiver o programa instalado em seu computador, pode fazer o download clicando no endereço:
http://www.baixaki.com.br/site/dwnld71431.htm

Acesse também artigos de anos anteriores

 

[/vc_column_text][vc_separator color=”custom” style=”shadow” border_width=”3″ accent_color=”#006d80″][vc_column_text]

Dislexia – um estranho no outro lado do papel
Autor(es): VOLPI, Sandra Mara

RESUMO
Quando se fala em dislexia, ainda é muito comum que as pessoas reajam de imediato, dizendo: “O que é isso? Já ouvi falar, mas não sei o que significa…” Tais comentários partem inúmeras vezes, também, de profissionais ligados diretamente à área da psicologia, da medicina, da educação, e não somente de pessoas que poderiam meramente estar “mal informadas”.
Palavras-chave: Desenvolvimento. Dislexia. Reich.


Federico Navarro fala de seu “encontro” com Reich
Autor(es): VOLPI, José Henrique

RESUMO
Federico Navarro, nasceu em Nápoles, Itália, em 16 de junho de 1924. Iniciou sua trajetória clínica no Hospital Judiciário de Nápoles, onde entrou, após concurso, como médico legista. Deparou-se com algumas situações que não lhe agradaram dentro da psiquiatria e sentiu a necessidade de modificá-la. Em Florença, fez pós-graduação em neuropsiquiatria, onde chegou a ser diretor do hospital Judiciário. Foi amigo do anti-psiquiatra Franco Basaglia, pioneiro da anti-psiquiatria no mundo.
Palavras-chave: Prazer. Corpo. Encouraçamento.


O meio ambiente estressante comprometendo o desenvolvimento neuropsicofisiológico da criança
Autor(es): VOLPI, José Henrique

RESUMO
O útero é o primeiro meio ambiente do bebê. Durante muitos anos, foi tido como sendo um local absolutamente silencioso, impenetrável e inacessível, totalmente isolado e sem contato algum com o meio externo. Hoje em dia essa crença já está ultrapassada. Sabe-se que o feto sofre constantemente com as interferências do meio ambiente, respondendo, portanto, aos estímulos tácteis, de pressão, sinestésicos, térmicos, vestibulares, gustativos e dolorosos. Essas são respostas provindas dos órgãos dos sentidos, que já estão em atividade mesmo durante a gestação.
Palavras-chave: Caráter. Desenvolvimento emocional. Personalidade. Reich.


Particularidades sobre o temperamento, da personalidade e do caráter do ponto de vista da Psicologia Corporal
Autor(es): VOLPI, José Henrique

RESUMO
É notório o fato de que os estudos sobre as questões que norteiam o comportamento humano, despertem interesse nos estudiosos à milênios. Da mesma forma, temperamento, personalidade e caráter, são palavras utilizadas com freqüência desde a antiguidade. Porém, seus significados quase sempre são confusos e/ou utilizados de forma errônea. A proposta desse artigo é traçar um apanhando geral sobre os conceitos postulados por diversos autores, no intuito de oferecer aos estudantes e profissionais da Psicologia e áreas afins, uma maior clareza.
Palavras-chave: Caráter. Personalidade. Reich. Temperamento.


Somatização: a memória emocional ancorada no corpo
Autor(es): VOLPI, José Henrique

RESUMO
A memória é a faculdade de se representar o que foi vivido, sentido e aprendido no passado de uma pessoa. É uma função cerebral superior que “surge como um processo de retenção de informações no qual nossas experiências são arquivadas e recuperadas quando as chamamos” Portanto, a memória forma a base para a aprendizagem, que é a aquisição de novos conhecimentos. Assim sendo, a memória retém esses conhecimentos aprendidos
Palavras-chave: Energia. Psicossomática. Reich.


[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Open chat