Terapia e Psicoterapia Corporal

Sem categoria

 

É muito comum as pessoas questionarem: qual a diferença entre Terapia Corporal de Psicoterapia Corporal?

Antes de mais nada, precisamos considerar a definição da palavra terapia e psicoterapia:

Palavra de origem grega (Therapeia),terapia significa “o ato de curar” ou “ato de reestabelecer”, uma atividade exercida pelo (therapon) terapeuta, “aquele que serve, que atende alguém”.

Sendo assim, podemos dizer que qualquer pessoa pode fazer “terapia”, ou “ser terapeuta” sem precisar de uma graduação, especialização ou pós-graduação. Um exemplo disso é o Xamã, que não tem escolaridade acadêmica alguma, mas tem a escola da vida, suas experiências que são passadas de geração a geração.

Mas também encontramos aqueles que querem se tornar terapeutas e para isso buscam um curso de graduação. Assim temos inúmeras áreas como por exemplo: Musicoterapia, Fisioterapia, Terapia ocupacional, Arteterapia, Equoterapia, Hidroterapia, Psicoterapia, que são todas “terapias” com visão específicas em seu tratamento. 

Portanto, a diferença está na graduação. Isso na prática quer dizer que cada profissional, de acordo com sua graduação, lança seu olhar sobre o paciente-cliente a fim de tratá-lo da melhor forma possível, de acordo com suas necessidades. 

No entanto, quando esses profissionais buscam uma especialização, como por exemplo em Psicologia Corporal como a oferecida pelo Centro Reichiano, irá incorporar os conhecimentos da Psicologia Corporal em suas atividades profissionais.

Sendo assim, o Terapeuta ou o Psicoterapeuta Corporal irá atuar com seus recursos já adquiridos em outras áreas, somadas aos ensinamentos que irá adquirir no curso. São ensinamentos provindos de Wilhelm Reich (Análise Reichiana), Federico Navarro (Somatopsicodinâmica), Alexander Lowen (Análise Bioenergética), além de outros, onde o corpo, a mente e a energia são tratados em conjunto.

Segundo o Conselho Federal de Psicologia, “de acordo com a legislação brasileira, a psicoterapia não é atividade privativa de psicólogos, podendo ser praticada por outros profissionais, desde que não utilizem o título de psicólogo”. Apesar disso, na especialização em Psicologia Corporal oferecida pelo Centro Reichiano, fazemos uma distinção no título da habilitação: Psicoterapeuta Corporal (para psicólogos) e Terapeuta Corporal (para não psicólogos), O conteúdo teórico e prático é o mesmo, mas o olhar técnico será de cada profissional, juntando os conhecimentos da Psicologia Corporal com os recursos de sua própria graduação.

E essa junção lhes permite atuar em diversas áreas como consultórios/clínicas, hospitais, escolas, empresas,  etc, e com diferentes populações como crianças, adolescentes e adultos, mas também com casais, famílias e grupos.

Especialização em Psicologia Corporal

Saiba mais sobre nosso curso de Especialização em Psicologia Corporal.