Congresso – Programação

A partir das 08:30h  Credenciamento – Entrega de material e crachá. Teremos um espaço na secretaria para você deixar suas malas caso precise.


09:00h – 10:15h – Grupo de Movimento – Engenheiros do Corpo. Alunos do Centro Reichiano


10:15- 10:45h – Intervalo para cafezinho


10:45h – 12:00h – PALESTRA – 1 – Dependência virtual e intoxicação tecnológica – quando o vício reforça a patologia do caráter. José Henrique Volpi/PR e Sandra Mara Volpi/PR

Para as novas gerações, o mundo sem a Internet é simplesmente inimaginável. Para crianças, adolescentes e jovens, o mundo está ao alcance de um clique – e é através de cliques que as fronteiras entre o privado e o público, entre o real e o virtual, entre o impossível e o “pseudo” possível se desvanece. Para as gerações que, muitas vezes atônitas e de atitudes inseguras, têm como tarefa conduzir crianças, adolescentes e jovens até a maturidade, a linguagem tecnológica é uma “segunda língua”, diversa de sua “língua materna” para com o seu entorno. No mundo virtual, essas gerações se encontram e se confrontam, alguns como nativos desse universo em expansão, e outros como forasteiros. Essa palestra aborda as mudanças em termos emocionais, energéticos, neuropsicológicos, comportamentais e etc. que cada indivíduo está vivendo em si mesmo e em seus vínculos.


12:00h – 13:45h – Intervalo de almoço


13:45h – 14:15h – Grupo de Movimento – Engenheiros do Corpo. Alunos do Centro Reichiano


14:15h – 15:30h – PALESTRA – 2 – Prazer ou Alívio? Qual o X da questão? Por uma resposta com base na teoria da energia material humana e no conceito de potência orgástica. Leonardo José Jeber/MG

Apresentarei uma reflexão à luz da Teoria da Energia Material Humana e do conceito de Potência Orgástica na Teoria da Economia Sexual de Wilhelm Reich. Segundo Reich, “… o homem é a única espécie biológica que destruiu a sua própria função sexual natural e está doente em consequência disso”. Com base no livro do Professor G. Fábio Madureira, “Prazer ou Alívio, o X dos 7 pecados”, presidente do Centro de estudos sobre Sabedoria Popular, Energia Material Humana e Sexualidade, farei uma reflexão sobre essa questão: prazer x alívio. Também levarei em consideração as questões que surgem em minha prática docente na UFMG, com as disciplinas “Por uma Pedagogia do Prazer” e “Teoria da Psicologia Política e Corporal de Wilhelm Reich aplicadas à Pedagogia e Licenciaturas”.


15:45h – 17:00h – PALESTRA – 3 – Somatodrama: uma contribuição no tratamento da Síndrome do Pânico. Maria Christina Freire/SP

Iremos abordar a importância dos recursos psíquicos, mobilizados pela percepção visual, auditiva e cenestésica, nominados como mentalizações (representação e simbolização) e sensações (energias pré-verbais instintivas, libidinais, na Síndrome do Pânico, que são mobilizadas pela ansiedade generalizada). O corpo é aquele que testemunha os desejos e ansiedades, sofre dores, angústias. Ele sempre é permeado por múltiplos sentimentos. As técnicas e manejos estudados pelo Somatodrama, como interações entre percepção, e sensações podem ser recursos utilizados em pessoas que tendem a reagir aos conflitos internos e externos através de manifestações somáticas muito comuns nas crises de pânico.


17:00h – 17:30h – Intervalo para cafezinho e Beco dos Autógrafos


17:30h – 19:00h – Vivência de Integração – José Henrique Volpi/PR e Sandra Mara Volpi/PR


Nesse dia (01/06), acontecem várias oficinas ao mesmo tempo. As mesmas estão classificadas em Grupos de 1 a 6 (que determinam o horário de início e término da atividade) e Programas A, B e C (que diferenciam a duração de cada atividade).
Legenda das Oficinas
SE = Seminário (atividade teórica) – Duração de 45 minutos
CO = Comunicação Oral (2 atividades teóricas em uma mesma sala e horário). Duração de 45 minutos
LAB = Laboratório teórico-prático (atividade teórica e prática) – Duração de 1h e 45 minutos
VIV = Vivência (atividade prática) – Duração de 1h e 45 minutos

A escolha das oficinas é simples, mas exige um pouco de atenção. Por isso montamos a grade abaixo onde você irá verificar que o Programa A e B tem a cor laranja e o Programa C a cor verde.
Cada Grupo (De 1 a 6), tem 3 Programas – A, B e C.
Então, para CADA GRUPO (de 1 a 6), você pode optar em participar de duas oficinas da cor laranja ou de uma oficina da cor verde.
Não é possível participar de uma oficina da cor laranja e uma oficina da cor verde, quando for no mesmo Grupo porque os horários coincidem.
As oficinas devem ser escolhidas pelo ícone OFICINAS que fica disponível em sua página pessoal do congresso (somente para os que já quitaram o pagamento).

Exemplo

GRUPO 1 – Das 8:00h às 9:40h
PROGRAMA A  – Seminário ou Comunicação Oral (Duração de 45 minutos cada)
PROGRAMA B  – Seminário ou Comunicação Oral (Duração de 45 minutos cada)
PROGRAMA C  – Laboratórios ou Vivências (Duração de 1h e 45 minutos cada)

Isto quer dizer que no GRUPO 1 você pode participar de:
– uma oficina (Seminário ou Comunicação Oral) do Programa A (das 8:00h às 8:45h)
– uma oficina (Seminário ou Comunicação Oral) do Programa B (das 9:00 às 9:45h)
OU
– uma oficina (Laboratório ou Vivência) do Programa C (das 8:00h às 9:45h)