Caráter Núcleo Psicótico

Sem categoria

Todo ser humano possui um traço de caráter que é um conjunto de qualidades boas ou ruins que determinam a sua conduta. O caráter é a soma do temperamento e da personalidade e é formado ao longo do desenvolvimento infantil. Se não tivermos estresses ao longo de nossa infância, o que é praticamente impossível, teríamos um caráter que Wilhelm Reich chamou de caráter genital. Caso contrário, teríamos um caráter neurótico.

Na visão reichiana o indivíduo sadio é aquele que alcançou a maturidade do caráter, tornando-se genital e apresentando uma carga energética alta (hiperorgonotico) que circula livremente pelo corpo.

Já o caráter neurótico apresenta um padrão de comportamento que é condizente com a etapa do desenvolvimento infantil em que o estresse foi mais grave. Isso faz com que ocorram marcas, registros, imprintings significativos como se fosse um carimbo que a pessoa carregará para o resto de sua vida. São os traços do caráter.

Portanto, a manifestação da neurose se dá pelos traços de personalidade e de caráter, que determinam o padrão de comportamento da pessoa, ou seja, sua forma de funcionar perante a vida. Isso quer dizer que podemos um ou mais traços de caráter, de acordo com as etapas do desenvolvimento infantil onde sofremos estresses.

O traço de caráter representa padrões de pensamento, percepção, reação e relacionamento que permanecem relativamente estáveis ao longo da história de vida da pessoa. Mas, se por algum motivo, a pessoa passar por alguma situação estressante que não consiga lidar direito, esse traço de caráter se transforma em um transtorno causando um sofrimento significativo para a pessoa.

Distúrbios ocorridos no período intra-uterino comprometem todo o desenvolvimento posterior da personalidade do indivíduo.

Origem do bloqueio

O Núcleo Psicótico é um traço de caráter que se formou em decorrência do estresse sofrido pela pessoa durante a primeira etapa do seu desenvolvimento psico-afetivo, a chamada etapa de sustentação que corresponde ao período da fetal da gestação que vai do terceiro mês de gestação até os primeiros dez dias de vida.

O estresse nesse caso pode ser físico, químico ou psicológico. Como exemplos podemos citar: gravidez indesejada, ameaças de aborto,  uso de drogas, parto cesariano, parto com fórceps, sofrimento fetal, afastamento da mãe nos primeiros dias de vida, carência de afeto, frieza da mãe, etc.

Ter um Núcleo Psicótico não significa ser psicótico, mas ter condição que pode ou não se  manifestar, explodir, por meio de um surto psicótico.

Grau de comprometimento

O efeito do estresse varia de indivíduo para indivíduo. Portanto, o que pode ser prejudicial para alguns, tem pouco significado e comprometimento para outros. Dessa forma, sempre consideramos uma variedade de graus para todas as tipologias de caráter como sendo:

  • Leve
  • Moderado
  • Severo

Couraça

Todo traço de caráter tem um bloqueio no corpo, uma couraça. No caso do Núcleo Psicótico, como bloqueio primitivo podemos citar o bloqueio parcial no segmento ocular onde nós encontramos os olhos, ouvido, nariz e pele. Isso porque o estresse afeta os folhetos embrionários (ectoderma, mesoderma e endoderma) e comprometem seu funcionamento energético, deixando marcas que serão evidenciadas pelo traço de caráter.

O segmento ocular diz respeito  aos órgãos do sentido que permitem a pessoa fazer  contato com o mundo externo e incorporar os conteúdos desse mundo externo para o seu interior, formando assim seus valores, sua percepção de si mesmo e do mundo, etc.

Portanto, um segmento ocular bloqueado, limita essa questão, trazendo principalmente a dificuldade de contato, de percepção, de interpretação, etc.

A pessoa que tem os olhos bloqueados vê, mas não enxerga. Ver é uma questão fisiológica e enxergar é uma questão psicológica. Além do mais, o primeiro segmento é importante para a evolução da personalidade.

Comportamento

Leve – Evita olhar nos olhos, evita o contato físico e quando o faz, geralmente é distante e superficial, com aperto demão e abraço frouxo, apresenta algumas limitações em sua percepção, etc.

Moderado – não gosta de tocar ou ser tocado, isola-se, usa mais a razão do que a emoção, possui algumas interpretações erradas da realidade, tem um certo grau de fantasia e de misticismo, etc.

Severo – isolamento marcante, grau de misticismo e fantasia acentuados, erros de interpretação, etc.

Energia

São indivíduos com uma carga energética baixa e desorganizada, chamados de hipoorgonóticos desorgonóticos. A palavra orgonótico é derivada de energia orgônio, definida por Wilhelm Reich.

Transtornos de personalidade

Quando a situação se torna insustentável, o traço de caráter adoece e com isso aparecem os chamados transtornos de personalidade.